18 março 2006

Antonio Carlos Jobim - Tide (1970)

capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - Rapidshare
ou / or
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - Badongo

........................................................

Tom JobimEntre março e maio de 1970, nos mesmos estúdios Van Gelder, Tom gravou dois LPs para o novo selo de Creed Taylor, CTI-A&R: Tide e Stone Flower. Salvo por uma sessão, especialmente reservada para Tide, em 16 de março, ambos foram gravados simultaneamente em 23, 24 e 29 de abril e 8, 20 e 22 de maio, com arranjos de Eumir Deodato e alguns brasileiros (Hermeto Pascoal, o baterista João Palma e os percussionistas Airto Moreira e Everaldo Ferreira) misturados aos instrumentistas americanos.

Projetado como um prolongamento de Wave, Tide é a onda (ou a maré) seguinte, a segunda ode jobiniana ao mormaço litorâneo, uma confluência da saudade (do Rio, presente no clássico choro de Pixinguinha, "Carinhoso", ondulado pela flauta baixa de Joe Farrell, e numa cinematográfica interpretação de "Garota de Ipanema") com a curtição de ritmos latinos (como o bolero e o beguine) e jazzísticos ("Tema Jazz"). Até um samba-rock ("Rockanalia") coube no repertório. Disco de retomadas, a começar por seu tema principal (uma série de improvisos em cima de "Wave", usando a mesma harmonia), nele Tom reuniu momentos de duas recentes contribuições para o cinema: as variações, densamente dramáticas, melancólicas e até roqueiras, em torno de "Garota de Ipanema", feitas para o homônimo filme de Leon Hirszman, e três composições para o filme Os aventureiros (o beguine "Caribe", o bolero "Sue Ann", que servia de Leitmotiv para a personagem interpretada por Candice Bergen, e o samba bossa novista "Remember".

Com sólida seção rítmica comandada pelo baixo de Ron Carter e a flauta de Joe Farrell pré-gravada, servindo de base para quase todas as faixas, sua grande novidade é a performance de Tom pilotando um piano elétrico, no samba "Takatanga". O único piano acústico disponível no estúdio fora danificado por uma dose de uísque involuntariamente despejada sobre suas cordas, e não houve outro jeito senão apelar para o elétrico. Nas demais faixas, Tom ocupa-se do violão e do piano acústico, às vezes dos dois ao mesmo tempo, sobrepostos pelo engenheiro de som. Também são destaques no disco a flauta insolente e vibrátil de Hermeto Pascoal (em "Tema Jazz"), o trombone de Urbie Green (sobretudo em "Takatanga") e o sax-alto de Jerry Dodgion (em "Garota de Ipanema").

Extraído do site do Tom Jobim
Para mais informação, visite o Clube do Tom

************************

Tom JobimOn Jobim's second A&M album, Eumir Deodato takes over the chart-making tasks, and the difference between him and Claus Ogerman is quite apparent in the remake of "The Girl From Ipanema": the charts are heavier, more dramatic, and structured. Sometimes the arrangements roll back so one can hear, say, the dancing multi-phonic flute of wildman Hermeto Pascoal on "Tema Jazz," and the rhythms often veer away from the familiar ticking of the bossa nova. Jobim is his usual understated self, adding very subtle electric piano to his arsenal of acoustic piano and guitar, but the material sometimes falls short of Jobim's tip-top level (dead giveaway: "Tide" is a clever rewrite on the chord changes of "Wave"). Still, it's beautifully made and very musical at all times.

Richard S. Ginell - extracted from All Music Guide
For more info, visit Clube do Tom

4 comentários:

gk disse...

cara muito bacana esse blog...parabens...coisas muito tem aqui!!...mas uma vez parabens!!...aproveito pra fazer um pedido...se tiver mais coisas do duofel seria uma boa...outra coisa tou tentando baixar esse disco do jobim e não ta rolando...vc tem alguma ideia do q pode ta rolando!!

mvcosta disse...

Gk,
Deu algum problema mesmo. Neste fim de semana estarei postando novamente esse disco maravilhoso. O do Duofel está na fila.

mvcosta disse...

Antonio Carlos Jobim - "Tide" (1970 - A&M Records 393 031-2)

1. The Girl From Ipanema
(Antonio Carlos Jobim - Vinicius de Moraes - Norman Gimbel)

2. Carinhoso
(Pedro Berrios - Carlos Braga - Alfredo da Rocha Viana Jr.)

3. Tema Jazz
(Antonio Carlos Jobim)

4. Sue Ann
(Antonio Carlos Jobim)

5. Remember
(Antonio Carlos Jobim)

6. Tide
(Antonio Carlos Jobim)

7. Takatanga
(Antonio Carlos Jobim)

8. Caribe
(Antonio Carlos Jobim)

9. Rockanalia
(Antonio Carlos Jobim)

10. Tema Jazz [alternative take]
(Antonio Carlos Jobim)

11. Tide [alternative take]
(Antonio Carlos Jobim)

12. Tema Jazz [alternative take]
(Antonio Carlos Jobim)

13. Tema Jazz [master take in full]
(Antonio Carlos Jobim)


Antonio Carlos Jobim: violão, piano, piano elétrico
Urbie Green: trombone
Garnett Brown: trombone
Jerry Dodgion: flauta, sax alto
Joe Farrell: flauta, flauta baixo, sax soprano
Hubert Laws: flauta
Romeo Penque: flauta
Hermeto Pascoal: flauta
Ray Alonge: trompa
Joe De Angelis: trompa
Burt Collins: trompete
Marvin Stamm: trompete
Ron Carter: baixo
Airto Moreira: percussão
Everaldo Ferreira: congas
João Palma: bateria
Eumir Deodato: piano

Frederick Buldrini: violino
Paul Gershman: violino
Emanuel Green: violino
Harry Katzman: violino
David Nadien: violino
Max Polikoff: violino
Matthew Raimondi: violino
Harry Lookofsky: violino tenor (spalla)
Al Brown: viola
Harold Coletta: viola
Charles McCracken: cello
George Ricci: cello

arranjos e regência: Eumir Deodato
produzido por Creed Taylor
engenheiro de som: Rudy Van Gelder

gravado no Van Gelder Recording Studio em 16 de março, 23, 24 e 25 de abril, 8, 20 e 22 de maio de 1970

db disse...

great music!
check out
calisoulbrother records
for rare soul, jazz, funk, brazil & latin records!

Clicky Web Analytics