20 maio 2007

Robertinho Silva - Shot On Goal (Perigo de Gol) (1995)

Capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - Badongo
ou/or
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - RapidShare

Os discos MPBC (1981) e Bateria (1984) podem ser encontrados no blog Abracadabra-LPs do Brasil.

The records MPBC (1981) and Bateria (1984) can be found at Abracadabra-LPs do Brasil.

........................................................

Robertinho SilvaRobertinho Silva nasceu no Rio de Janeiro no dia primeiro de junho de 1941. O percussionista e baterista Robertinho, além de tocar quase tudo, é um dos músicos mais cosmopolitas que se conhece, em se falando daqueles que vieram depois da geração Jobim/Gilberto.

Possui um toque muito forte, dando um ritmo poderoso por detrás de uma variedade de tambores e de exóticos instrumentos de percussão brasileiros. Entre suas maiores influências americanas estão Art Blakey e Tony Williams, e do lado brasileiro estão Dom Um Romão e Edson Machado.

Depois de fazer sua estréia em disco tocando com o cantor Cauby Peixoto, Silva criou reconhecimento como um dos melhores bateristas brasileiros, tocando e gravando com celebridades como Antonio Carlos Jobim, Airto Moreira, Wagner Tiso, Dori Caymmi e Gilberto Gil.

Acrescenta-se aqui o longo trabalho que realizou com o cantor e compositor Milton Nascimento, desde 1969, inclusive o disco "Native Dancer" que Milton gravou em colaboração com Wayne Shorter. Participante do tropicalismo, Silva foi co-fundador do Som Imaginário, junto com o tecladista Wagner Tiso, 1970.

Seu primeiro álbum como líder foi Musica Popular Brasileira Contemporânea, para a Philips brasileira. Ele gravou o primeiro álbum solo na série de Música Brasileira Popular Contemporânea em 1981(Polygram), tendo como convidados Raul de Souza e Egberto Gismonti. Em 1984, ele gravou" Bateria", seguido de "Bodas de Prata" (1989), "Fale Nenhum Mau" (1991)

Nos Estados Unidos ele gravou em 1991,"Shot On Goal" e em 1994, "Speak No Evil" (ambos pela Milestone). Nos anos 90, Silva criou sua própria banda, Robertinho Silva e Família, que inclui seus filhos Ronaldo e Vanderlei, ambos percussionistas. Em 1997, ele criou o Centro Percussão Alternativo Robertinho Silva, no Rio de Janeiro, tendo parte da sua agenda ocupada com seminários sobre bateria e percussão. Seu últim álbum é "Mixtura Brasileira", lançado em 2004.

Extraído do site Clube de Jazz
Para mais informação, visite o site do Robertinho Silva

************************

Robertinho SilvaOn his fourth album as a leader, Silva puts together a highly percussive (naturally) series of sessions mixing American jazz standards and jazz-rock idioms with Brazilian instruments and material. The results sometimes resemble fellow percussionist Airto Moreira's fascinating electric Brazilian jazz recordings of the '70s, though Silva's tracks are more disciplined in structure. A solo flute or saxophone, mostly in the capable hands of Mauro Senise, rises above the ensemble a la Wayne Shorter, and seven different keyboardists, including Silva himself on "Festa De Terreiro," sprinkle notes or lay down electronic textures. Aided by Silva's sons Ronaldo and Vanderlei on percussion, "Ceco Aderaldo" has a dense, rapidly fibrillating underbrush of Brazilian percussion sounds propelling the music, and Silva puts forth a thundering, hypnotic 7/4-meter display on the tom-toms in "Barra 200." In the American material, "Bemsha Swing" receives a quasi-samba treatment while also emphasizing the tune's strong roots in the blues, and "Nefertiti" rarely departs from the usual Miles Davis-oriented approach. Indeed, in the latter tune, the versatile Silva does a pretty good, meter-shifting Tony Williams impersonation.

Richard S. Ginell - extracted from All Music Guide
For more info, visit Robertinho Silva's site

12 comentários:

mvcosta disse...

Robertinho Silva - "Shot On Goal (Perigo de Gol)" (1995 - Milestone Records MCD-9241-2)

1. Shot On Goal (Perigo de Gol)
(José Roberto Bertrami)
Mauro Senise: flauta
José Roberto Bertrami: piano acústico e sintetizador
Luiz Alves: baixo acústico
Ronaldo Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria e percussão

2. Bemsha Swing
(Monk - Best)
Mauro Senise: sax alto
Dario Galante: teclados
Luiz Alves: baixo acústico
Robertinho Silva: bateria e percussão

3. Exits And Flags (Saídas e Bandeiras)
(Milton Nascimento - Fernando Brant)
Mauro Senise: sax soprano
Luizão Paiva: teclados
João Baptista: baixo elétrico
Ronaldo Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria e percussão

4. Lunar
(Robertinho Silva - Arismar do Espírito Santo)
Arismar: baixo elétrico
Sidinho Moreira: percussão
Robertinho Silva: percussão (djembe)

5. Cego Aderaldo
(Egberto Gismonti)
Mauro Senise: flauta e sax soprano
Luizão Paiva: teclados
João Baptista: baixo elétrico
Ronaldo Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria

6. Festa de Terreiro
(Robertinho Silva)
Nivaldo Ornelas: flauta
Ubiratan Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: teclados, bateria e percussão

7. Cinema Aventura
(Túlio Mourão)
Zé Nogueira: sax soprano
Túlio Mourão: teclados
João Baptista: baixo elétrico
Robertinho Silva: bateria e percussão

8. Nefertiti
(Wayne Shorter)
Mauro Senise: sax alto
Dario Galante: teclados
Arismar: baixo elétrico
Robertinho Silva: bateria

9. La Papa
(Hugo Fattoruso)
Nivaldo Ornelas: sax tenor
Hugo Fattoruso: piano acústico e sintetizador
Luiz Alves: baixo acústico
Ronaldo Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria

10. Barra 200
(Robertinho Silva - Nenê)
Renan Penedo: guitarra
João Baptista: baixo elétrico
Ronaldo Silva: percussão
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria e percussão

11. Sonata de Batera
(Nivaldo Ornelas)
Nivaldo Ornelas: sax soprano
Fernando Moraes: teclados
Ademir Candido: guitarra
João Baptista: baixo elétrico
Arthur Maia: baixo elétrico
Vanderlei Silva: percussão
Robertinho Silva: bateria e percussão


Produção: Robertinho Silva

gravado no Estúdio Música J. Moraes, em outubro de 1991 - RJ
A música "Bemsha Swing" foi gravada em novembro de 1994

Engenheiros: Leco e Julinho
Mixagem: Robertinho Silva e Zé Neto, no Studio Zen - RJ
Masterização digital: Joe Tarantino, no Fantasy Studios, em 1995 - Berkeley

Anônimo disse...

olá! poderia fazer o repost do trio curupira? e tem algum disco gravado com o o fabio gouvea?

mvcosta disse...

Será o próximo repost.

Assim de cabeça não lembro de nenhum outro disco com o Fábio Gouvêa. Assim que encontrar algum, postarei aqui.

abs

woody disse...

Caro MVCosta,
foram muitas as coisas boas que baixei aqui no seu blog, parabéns ele é ótimo e divulga a música instrumental brasileira como ninguém. Foram blogs como o seu que me motivaram a criar o meu próprio, que nasceu faz dois dias e quero convidá-lo para uma visita. Embora não seja dedicado à música instrumental, nem excusivamente à brasileira. Tem um pouco de tudo, inclusive um Hermeto Pascoal raro que acho, vc vai gostar.

Aguardo a sua vista:
http://boogiewoody.blogspot.com/

Anônimo disse...

Olá,MVCosta ! Tudo bem?

Parabéns pelo seu retorno,pois fizestes muita falta! Aproveito para pedir-lhe algo do grande violonista Manassés: "Prá Você". Um grande abraço,Miguel.

b.m. disse...

Não conheço absolutamente nada de música instrumental brasileira, mas me interesso. Posso sugerir? Faça uma lista com discos essenciais, e ponha ali do lado. Uma espécie de apresentação ao estilo.

mvcosta disse...

Woody,
Muito bom o blog. Já tá na lista.

Miguel,
Não tenho nada dele. Mas qd consegui arrumar algum disco, vou lembrar do seu pedido.

B.M.
Que bom que existe o interesse. Um dos principais intuitos deste blog é, além da divulgação, a formação de público para o estilo. Eu, particularmente, não lido muito bem com esse negócio de lista de melhores, essenciais, etc. Acho que todos os discos postados aqui até agora, mais todos que ainda quero postar, são essenciais. Mas posso disponibilizar uma lista do que ando ouvindo ultimamente dentro do estilo e ir trocando com freqüência.

Valeu pela idéia.

abs,
mvcosta

Edwards disse...

Muito bom seu blog..
Peças raras de uma MPB muito valiosa.
Aproveito pra convidar seus frequentadores a visitar o meu blo (www.edwardsoliveira.wordpress.com) com muitas sequências de boa música e comentários de grandes épocas da música mundial...

Um abraço!

Ed

Fernando disse...

O que seria de nós, simples amantes da música, sem nossos preciosos blogueiros de plantão sempre dispostos a saciar nossos ouvidos com suas maravilhosas preciosidades ?

Viva a música brasileira e a liberdade ! Obrigado pelo serviço prestado a música nacional !

leo brasil disse...

e aí galara, o blog tá espetacular hein. parabéns mesmo.

como sei que vocês amam música, vou deixar uma sugestão aqui de um site onde os usuários fazem as atualizações.
postando links das melhores matérias sobre música do brasil e do mundo.
vota nas melhores e elas ficam na página principal.

http://www.metamusica.com.br

depois me digam o que acharam.
grande abraço, e boa sorte com o blog. vida longa.

Eu Ovo disse...

muito bom o blog.
será que vc não acharia o BATUCAJÉ, com robertinho silva e simone soul, alfredo bello e jadna?

já tentei achar esse disco mas é foda.

abs
http://euovo.blogspot.com/

Anônimo disse...

Muito bom. Já tinha perdido as esperanças. Uma pena que os outros Robertinhos esttejam com o blog tranacado.
muito obrigado mesmo!!!

Clicky Web Analytics