18 abril 2006

Duofel - Kids of Brazil (1996)

Capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - RapidShare
Mais informações nos comentários / More info on comments

........................................................

DuofelDesde que se conheceram em São Paulo, em 1977, Luiz Bueno e Fernando Melo vêm pesquisando e experimentando a música brasileira. Tocaram na banda de rock progressivo A Boissucanga (Luiz na guitarra e Fernando no baixo) e, insatisfeitos, começaram a compor juntos para o formato de um duo de violões.

Passaram boa parte de 1978 viajando por Pernambuco, Paraíba e Alagoas, vivenciando ritmos e manifestações folclóricas regionais. Ainda querendo descobrir a sua música na música dos outros, conheceram Dizzy Gillespie, John McLaughlin, Hermeto Pascoal e Tetê Espíndola, com quem fizeram uma parceria de sete anos.

Participaram de turnês na Europa e Estados Unidos. Com o terceiro disco, Duofel, tiveram cinco indicações para o Prêmio Sharp. Com o CD Kids of Brazil, com arranjos de Hermeto, ganharam finalmente o Sharp (Melhor Arranjo Instrumental) e, segundo eles, perderam qualquer medo de criar.

Extraído do site Biscoito Fino

Para mais informações visite o site do Duofel

---------------------------


Duofel"Antes de Kids of Brazil, nós nos considerávamos voltados para a música pop. As harmonias não eram muito trabalhadas, os acordes eram mais naturais. Quando abríamos os concertos do Hermeto como convidados, ficávamos ligados em sua música o show inteiro. Sem percebermos, acabamos bebendo dessa fonte. As músicas dele entraram em nosso subconsciente. Quando fomos compor novas músicas, começaram a surgir composições diferentes, com outras harmonias e melodias. Mostramos para o Hermeto o trabalho novo e ele se entusiasmou: “vou fazer arranjos para vocês. Sei onde vocês querem chegar e vou mostrar o caminho”. Ele mostrou notas que faltavam em acordes e melodias. E nós começamos a descobrir novas afinações no violão para poder tocar os arranjos criados por ele. Kids of Brazil ficou diferente de tudo o que a gente já tinha feito. É um disco difícil em termos comerciais, mas é um de nossos melhores trabalhos."
(Luiz Bueno em entrevista para a Guitar Player nº 57 - 11/2000)

"Formado por Fernando Melo e Luiz Bueno, o Duofel é a mais original dupla de violões dos últimos muitos anos. Ou melhor, é mais radicalmente: esqueçam-se das outras duplas de violões. O Duofel tem concepção musical única e sonoridade inimitável. Hermeto Pascoal acredita que represente a grande novidade da música instrumental brasileira."
(Mauro Dias - O Estado de São Paulo - 25/02/1999)

"Na música instrumental, que não conta com o poderoso veículo da poesia, um árduo e longo caminho é percorrido para ser atingida uma identidade musical, isto é, o status de perfil próprio, o estilo. O Duofel atinge esse invejável patamar na música brasileira. E mais: coloca no mercado um CD destinado a ter forte ressonância na juventude."
(Zuza Homem de Mello - 94)

Duofel"Virtuosismo, interação sensível e um potencial inesgotável: "Sem nenhuma dúvida, o DUOFEL faz a nova música instrumental do Brasil."
(Manfred Gillig - Guitarre Aktuell - Alemanha 1990)

"Foi amor à primeira audição! Sua música contagiante e emocionante, principalmente quando apresentada "ao vivo", nos faz crer que uma nova música vem por aí."
(Rita Kornblum - Universidade de Connecticut 1996)

"Poucas vezes pude ouvir tamanha quantidade de lirismo, sensibilidade, técnica, afinações esquisitas, arranjos intrincadíssimos (cortesia do mestre Hermeto Pascoal), harmonias esplendorosas... Desde a abertura até a última nota da última faixa, ouve-se um álbum absolutamente irrepreensível que, sem exagero, pode ser considerado um dos melhores álbuns instrumentais já gravados neste planeta, em todos os tempos. Absolutamente obrigatório!!!"
(Régis Tadeu - Revista Guitarra Cover - 1996)

"O Duofel não é um duo, é um trio, às vezes um quarteto e outras uma banda inteira, por isso acho que deveriam mudar o nome para Trio Duca."
(Hermeto Pascoal - 1993)

"Tenho andado por todos os cantos do mundo e nunca vi nada igual em matéria de interação, emoção e criatividade."
(Denardo Coleman - USA 1996)

"O Duofel impressiona pela cascata sonora que realiza com apenas dois violões." (David Hepner - Guitar Player 1997)

************************

DuofelSince they met in São Paulo, in 1977, Luiz Bueno and Fernando Melo have been researching and experimenting with Brazilian music. They played in the progressive rock band, A Boissucanga (Luiz on the guitar and Fernando on the bass) and, dissatisfied, they began to compose together for a guitar duet.

They spent a large part of 1978 traveling through Pernanbuco, Paraíba and Alagoas, witnessing the rhythms and folk manifestations of the regions. Still wanting to discover their music in the music of others, they met Dizzy Gillespie, John McLaughlin, Hermeto Pascoal and Tetê Espíndola, with whom they were partners for 7 years. They participated in tours in Europe and The United States. With their third CD, Duofel, they had five nominations for the Sharp Award. For the CD, Kids of Brazil, with arrangements by Hermeto, they finally won the Sharp (Best Instrumental Arrangement) and, according to them, lost all fear of creating.

Extracted from Biscoito Fino

For more information, visit Duofel's site

8 comentários:

Anderson disse...

Ok, Você já deve estar cansado de ouvir alguém pedir, em todo canto.. mas o Cara é muito bom...
Peço então um álbum do yamandú Costa.. seu xará!! Espero que tanto no nome quando na grandeza musical...
Obrigado

mvcosta disse...

Fala, Anderson.
Já estava programando um post do Yamandú. Estava pensando em colocar o primeiro, dele com seu professor, Lúcio Yanel, mais algumas faixas bônus.
Pode deixar que logo depois do Brasil Universo eu disponibilizo o do Yamandú.

Thiago Lemos Rosiska disse...

Nossa que maravilha, algum tempo atrás eu tava vendo o programa do Jô, quando de repente começou a tocar esses dois caras, sonzera demais! adorei, mas não entendí direito o nome, achei q era DuDu Orféu, procurei na net e naum achei nada! grande decepção.... mas agora tava navegando na net sem grandes pretensões, e de repente acho esse blog, BR-INSTRUMENTAL, achei interessante, gosto de música instrumental, e nacional, melhor ainda.
Entrei e me deparo com esse post falando justamente do DUOFEL, que maravilha, agora sei o nome correto, além de outras informações dos dois, e do cd aí todo, soh pra fazer a minha alegria!

VALEW!!! muitíssimo obrigado!!!

ProgShine disse...

Muito bom cara, desde que eu vi esses caras no Jô eu tava atrás de algo deles.
Valeu!

ProgShine disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ze Paulo disse...

Realmente um grande presente este album do Duofel. Aguardo novas postagens do trabalho deles.

Tomas disse...

Fala kra, parabens pelo blog. Eu tô tentando baixar o kids of Brasil, mas o link tá quebrado, tem como postar novamente?

mvcosta disse...

Duofel - "Kids of Brazil" (1996 - Velas 11-V181)

1. Aquarela do Brasil
(Ary Barroso)

2. No Caminho das Pedras
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

3. Pede Moleque!
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

4. Vida de Rua
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

5. Na Cola do Sapateiro
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

6. Telhado de Estrelas
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

7. Te Vejo num Sinal Vermelho
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

8. Surfando no Trem
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

9. Missa na Candelária
(Fernando Melo / Luiz Bueno)

10. Mocinho ou Bandido
(Fernando Melo / Luiz Bueno)


Fernando Melo: violões de aço e 12 cordas
Luiz Bueno: violões de aço e nylon

arranjos:
Hermeto Pascoal
Fernando Melo e Luiz Bueno (faixas 1 e 6)

direção musical: Duofel
produzido por Duofel
co-produzido por Badal Roy
engenheiro de gravação e mixagem: Brenda Ferry
assistentes de estúdio: Efrem Jenkins e Chris Agovino
gravado e mixado no estúdio Harmolodic (New York)
masterização: Classic Sound Inc. por Daniel Kincaid (New York)

produção executiva no Brasil: Ana Buono Prod. Musicais
produção executiva nos EUA: Denardo Coleman
produtor fonográfico: Velas Prod. Artísticas

projeto gráfico: Telma Cavalieri, Edu Carvalho e Gal Oppido
supervisão gráfica e arte final: Telma Cavalieri
estúdio gráfico: Marka Studio
fotos: Gal Oppido

Clicky Web Analytics