08 maio 2007

Gilson Macedo - Variasons (1999)

Capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - Badongo
ou/or
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - RapidShare

........................................................

Gilson MacedoGilson Macedo é um violonista com estilo próprio, na linhagem dos grandes virtuoses, que exprime com talento e emoção seu trabalho de fusão entre o popular e o erudito.

Nascido em Recife, iniciou seus estudos de violão com o professor Amaro Costa, indo, posteriormente estudar com o violonista Henrique Annes no Conservatório Pernambucano de Música. A partir desse momento, Gilson Macedo desenvolveu uma linha peculiar de aprendizado próprio, tornando-se autodidata.

O violão de Gilson Macedo possui uma sonoridade e estilo pessoais que, através de suas raízes eruditas, expressa uma rara riqueza melódica. O repertório escolhido, de alto nível da música brasileira, evidencia a influência de compositores nordestinos.

O regionalismo de Gilson Macedo se revela de forma clara, através da harmonia de arranjos das músicas interpretadas de sua própria autoria; quando, por meio dos acordes do seu violão se percebe variados ritmos e melodias brasileiros como o choro, o baião, o samba, entre outros.

Extraído do site J. Luna Music Publisher

************************

Gilson Macedo is an acoustic guitar player with a style of his own, following the lineage of the great virtuosi, who expresses, with talent and emotion, his instrumental work of union between popular and classical music.

Born in Recife, (country Brazil), he began studyng acoustic guitar with Amaro Costa and later with Henrique Annes, a known acoustic guitar player from "Conservatório Pernambucano de Música", a music conservatory in state of Pernambuco (Brazil). From this moment on Gilson developed a peculiar line of studyng becoming a self-taught player.

Gilson has a unique sound and style which, through his classical roots, reveal a rare melodious richness. The repertoire, selected from top level regional brazilian music, highlights the influence of northeastern brazilian composers

Gilson Macedos's regionalism flows from acoustic guitar when interpreting his and other composers' turner on a variety of brazilian rhytms and music styles like choro, baião, samba, among others.

5 comentários:

mvcosta disse...

Gilson Macedo - "Variasons" (1999 - J. Luna Music Publisher)

1. Mensagem do Infinito
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão
Vinícius Dorin: flauta e sax
Itiberê Zwarg: baixo
Fredshon: bateria, caxixi e berimbau
Fábio Pascoal: pandeiro

2. Choro Miúdo
(Bozó)
Gilson Macedo: violão
Marco Cézar: bandolins
Itiberê Zwarg: baixo
Fábio Pascoal: pandeiros

3. Baião Harmorial
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão
Vinícius Dorim: flauta e sax barítono
Fábio Pascoal: zabumba
Ivan Torres: triângulo
Itiberê Zwarg: pratos

4. Lua de Mel
(Zailton Sarmento)
Gilson Macedo: violão
Vinicius Dorin: flauta e sax
Itiberê Zwarg: baixo
Fredshon: bateria, ganzá e surdão
Fábio Pascoal: pandeiro e tamborim

5. Tema para Gércica
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão
Marco Cézar: bandolim e bandola
Itiberê Zwarg: teclado

6. Visões do Nordeste
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão
Itiberê Zwarg: zabumbolão

7. Andarilho
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão
Vinicius Dorim: flauta e sax
Fredshon: ganzá e caxixi
Itiberê Zwarg: baixo, pratos e zabumbolão

8. Ao Luar
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão

9. Tributo a Tom
(Bráulio Barral)
Gilson Macedo: violão
Marco Cézar: bandolins e bandola

10. Filho
(Zailton Sarmento)
Gilson Macedo: violão
Vinicius Dorin: flauta e sax
Ivan Torres: caxixi, ocean drums e pratos

11. Tem Mico no Quintal
(Itiberê Zwarg)
Gilson Macedo: violão
Vinicius Dorin: flauta, flautim e sax
Fredshon: bateria e surdão
Itiberê Zwarg: baixo e reco-reco
Fábio Pascoal: pandeiro

12. Pra Hermeto
(Gilson Macedo)
Gilson Macedo: violão


Arranjo: Itiberê Zwarg (exceto as faixas 8 e 12)

Anônimo disse...

muito bom álbum.
Como é de qualidade a música que se ouve neste Blog. Parabéns.

Tenho andado à procurado de Benjamim Taubkin, é muito difícil encontrar os seus disco. Agradeço-lhe,
um abraço
Pedro

b.m. disse...

Blog muito rico, vou linká-lo assim que lembrar. Pra voltar e ficar passeando nos arquivos.
Parabéns pelo trabalho!

Anônimo disse...

É interessante, mas não gostei dos arranjos.

Não curti nadinha, e olha que eu fui seco nas músicas.

mvcosta disse...

Pedro,

Vou lembrara de postar o trabalho dele aqui.

B.M.,
Valeu pelo elogio.

Anônimo,
Na realidade, por se tratar do Itiberê, nós vamos pensando que seja algo parecido com o que é feito na IOF. Mas é completamente diferente.

abs,
mvcosta

Clicky Web Analytics