04 novembro 2008

Index - Index (1999)

Capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - RapidShare

........................................................

Jones JúniorUm álbum clássico certamente depende de bons músicos no aspecto técnico, isso o Index tem. Certamente depende de boas composições e arranjos, e isso o Index também tem. Mas isso somente não garante nada, afinal são inúmeros os álbuns com essas boas características. É preciso mais. É preciso algo mágico, que não se pode explicar com palavras, algo que simplesmente acontece e aqui aconteceu.

Ouvir o álbum homônimo da banda é uma viagem no sentido literal da palavra. Você vai voar, as atmosferas barrocas irão te conduzir a alguns lugares e paisagens do passado e você será encaminhado a lembranças e sensações das quais já havia se esquecido. Poucos são os discos capazes disso.

Os motivos estão em cada nota, no andamento perfeito e calculado, na perfeita interação de teclados analógicos conduzidos por Eliane Pisetta e as guitarras e violões de Jones Júnior. Algo de divino aconteceu aqui. Ser músico não é apenas tocar um instrumento, mas tocar com o instrumento.

Nesses tempos em que o progressivo parece ter se esquecido do valor de uma boa melodia, para valorizar experimentalismos sem sentido, valorizar uma técnica pasteurizada e fundir elementos à exaustão dos ouvintes para pura auto satisfação, para dizer que foi pioneiro.

Será pioneirismo copiar e re-copiar as figuras da recente vanguarda? Qual a diferença entre espelhar-se em movimentos de quinhentos ou de cinquenta anos? Certamente não produz nada de novo da mesma maneira. O importante é buscar referências com as quais se possa emocionar e emocionar os ouvintes, tão carentes dessas experiências. E isso o Index conseguiu já em seu disco de estréia e que, ao menos nesse quesito, dificilmente será superado.

Dizer que o Index é uma das melhores bandas da cena progressiva brasileira é chover no molhado. Difícil é tentar traduzir em palavras as intervenções dos teclados, das guitarras tristes, bem como da seção rítmica e harmônica e de toda a aura que envolve cada tema. Um álbum top do prog-rock Brasileiro.

Renato Glaessel - extraído do site Prog Brasil
Para mais informação, visite o site do Index

************************

IndexFirst album of Brazilian band Index being mainly a reincarnation of Quaterna Réquiem is a full instrumental one as mentioned already in their biography. The music on here is dominated by (female!) keyboard player Eliane Pisetta and blends perfectly elements of Camel and their previous band. But as well guitarist Jones Júnior, who he played on "Velha Gravura", Quaterna's first album is doing a great job here, especially in "Serenata" on acoustic guitar. Really hard to name any outstanding track, since the whole album is just fantastic. All compositions have perfect playing times between 7 and 10 minutes, are very versatile and intricate never becoming tedious at any moment. Just as an example "Ciclos das Marés" brings in a slight baroque touch by introducing a wonderful string arrangement followed by classical guitar before the full band sets in and Júnior plays a great solo on electric guitar. Despite some similarities (only in style) to mentioned band they created definitely their very own sound and I've to say I don't miss vocals at any part of the album. I listened to it already quite often and I find it with each repeated listen even more fascinating. Thus if you love instrumental music and you like to get value for money you should go to buy this one immediately.

Dieter Fischer - extracted from Prog Archives.com
For more info, visit Index's site

4 comentários:

mvcosta disse...

Index - "Index" (1999)

1. Quaterna Réquiem
(Jones Júnior / Jasson Freire)

2. Caverna
(Jones Júnior / Jasson Freire)

3. Serenata
(Jones Júnior / Jasson Freire)

4. Ciclos das Marés
(Jones Júnior / Jasson Freire)

5. O Sétimo Selo
((Jones Júnior / Jasson Freire / Luis Bahia)

6. Index
(Jones Júnior / Jasson Freire)


Jones Júnior: violões de 6 e 12 cordas, guitarra
Eliane Pisetta: Hammond, piano, MiniMoog, sintetizadores
Fabricio Santalucia: baixo
Otaviano Kury: bateria, percussão

participação especial:
Juarez Losso: sintetizadores em "Ciclo das Marés"

gravado no Zamba Studios, Caxias do Sul - RS

Marcos Zambon: engenheiro
produzido por Index

martin montenegro disse...

ih, rapaz: o link pro Rapidshare não está funcionando.

A crítica foi tão elogiosa que deu vontade de ouvir, mesmo - mas... nada do link "pegar".

Vê o que aconteceu lá. ;)

E volte sim!, a postar no seu blog. Aqui fiz grandes descobertas, e só tenho a agracedecer seu empenho em prol da nossa grande música brasileira.

Abraço!

Wesley IP disse...

Conheci o blog agora d+d+d parabéns, e sobre o comentário do disco realmente muito bom não tenho idéia do que é mas já esto baixando. Queria aproveitar p saber se vcs sabem das ultimas do Pau Brasil? Vi eles aqui em CG junto com a Monica Solmazo (algo assim) Bom d+ mas não encontrei o instrumental deles. Abraço!

bobbysu disse...

thank you very much

Clicky Web Analytics