09 junho 2008

Quarteto Maogani - Maogani - Quarteto de Violões (1997)

Capa do disco
Clique aqui para baixar o disco/Download the album - RapidShare
+ 4 faixas bônus / + 4 bonus tracks
Mais informações nos comentários / More info on comments

........................................................

Quarteto MaoganiO grupo Maogani, formado em 1995 no Rio por quatro arranjadores-violonistas cariocas - Marcos Tardelli, Paulo Aragão, Marcos Alves e Carlos Chaves - pratica uma música, brasileira e sem fronteiras, que incorpora técnicas que vão do jazz ao clássico.

Isso é comprovado no recente Água de Beber - Jobim e Suas Fontes, o terceiro disco do quarteto, que, como os próprios relatam num texto do encarte, "promove o encontro de correntezas musicais que desembocaram na obra de Antonio Carlos Jobim, Villa, Radamés, Ary, Pixinguinha, Custódio e Vinicius, mais que influências declaradas, foram alguns dos mestres que mostraram o curso das águas que Tom poderia seguir".

O Maogani reúne músicos que aliam formação clássica e paixão pela música popular. Em seus shows e discos eles têm retrabalhado com arranjos próprios e originais um repertório que passa por Ernesto Nazareth, Egberto Gismonti, Jobim, Edu Lobo, Garoto, Chico Buarque, César Camargo Mariano, Guinga.

Em seu disco de estréia, Maogani - Quarteto de Violões, editado em 1997 (e indicado no ano seguinte ao prêmio Sharp de melhor disco instrumental), eles contaram com participações especiais de Guinga, Leila Pinheiro, Zé Nogueira, Jane Duboc e Celia Vaz. O repertório incluía Cai Dentro (Baden Powell e Paulo César Pinheiro), Loro (Egberto Gismonti), Morro Dois Irmãos (Chico Buarque), Samambaia (César Camargo Mariano) e Corrupião (Edu Lobo).

Quatro anos depois, Cordas Cruzadas ia de clássicos a novas canções. Entre as primeiras, Chovendo na Roseira (Antonio Carlos Jobim), Samba Novo (Baden Powell) e Passaredo (Chico Buarque e Francis Hime); de novidade, A Foggy Day In Teresópolis (Ed Motta), Choro nº 2 (Leandro Braga) e Guingando (Edu Kneip e Mauro Aguiar).

Mas, seja clássico ou inédito, tudo soa novo, fresco, nas mãos de Marcos Tardelli (violão requinto), Paulo Aragão (violão), Marcos Alves (violão) e Carlos Chaves (violão de oito cordas). Água de Beber, com oito temas de Jobim e parceiros e composições de Villa-Lobos, Pixinguinha, Radamés Gnattali e Ary Barroso é isso: música para um doce deleite.

extraído do site Clube de Jazz
Para mais informação, visite o site do Quarteto Maogani

************************

Quarteto MaoganiTwo years after it was formed, Quarteto Maogani released its first album. Between that time and this first release, the quartet was busy taking part in Projeto Pixinguinha and being a special guest in Leila Pinheiro's show Catavento e Girassol. In fact, it was from that album that the group obtained its name, which was mentioned in Aldir Blanc's "Madeira de Sangue." Blanc himself was honored to write the liner notes for this debut album.

The media and other artists seem to be unanimous in praising the glories of Quarteto Maogani. So, assembling a number of special guests for this first album was an easy task. We have the pleasure of hearing the Quarteto performing along stellar names of Brazilian music, including Célia Vaz, Jane Duboc, Zé Nogueira, Leila Pinheiro and the incredible Guinga. The musical production for the album was the responsibility of Maogani. With a repertoire that includes music by guitarists Baden Powell, Marco Pereira and Garoto, the Quarteto was completely at home performing beautiful arrangements written by its own members. In this first album, the group formation was Paulo Aragão, Marcos Alves, Carlos Chaves and Sérgio Valdeos.

One of the most famous contemporary guitar pieces in Brazilian music, César Camargo Mariano's "Samambaia" is the strong opener for the album. Originally recorded for the 1981 César Camargo Mariano and Hélio Delmiro's Samambaia album, this piece is considered a landmark number in Brazilian instrumental music. Nothing more deserving that having Quarteto Maogani feature this composition here. The exciting baião "Baiambê," with only one previous recording (Mario Adnet's 1980 Alberto Rosenblit & Mario Adnet) is also featured here with a rich 4-guitar sound. While keeping the tempo in "Cai Dentro," the Quarteto continues its dazzling trajectory. They pause a little to feature Guinga in the vocals on "Morro Dois Irmãos." Guinga gives a touching rendition for one of Chico Buarque's favorite songs. The Garoto choro "Enigma" brings special guest Pedro Aragão on mandolin. The arrangement here is classically Radamés Gnattali with a slight change because of the addition of the fourth guitar and mandolin. Another guest arranger, Marco Pereira contributes a fine rendition for "Lôro," which holds a special place in the Quarteto's hearts since it was the first piece the group performed when it was formed. Having performed along with Nó em Pingo D'Água in some live concerts, the Quarteto invited Celsinho Silva to provide the effusive percussion in Guinga's "Di Menor" bouncy arrangement. We then come to the amazing arrangement for "Baião de Lacan," which features vocals by Leila Pinheiro. She also recorded that number in her Catavento e Girassol album, but the arrangement recorded here was written by the Quarteto four members. The result is a magnificent duel, if you can call four guitars and a vocalist that! It is interesting to note that all songs recorded in this album were not originally conceived for four guitars with the exception of Marco Pereira's "Dança dos Quatro Ventos."

If acoustic guitars are closely associated with Brazilian music, then Quarteto Maogani can be thought of as Brazilian soul in its core. This debut album elevates Brazilian guitar music to deserving heights.

You can read more and listen to samples of Maogani - Quarteto de Violões here or in the ensemble's web site.

Egídio Leitão - extracted from Música Brasileira from A-Z
For more info, visit Quarteto Maogani's site

6 comentários:

mvcosta disse...

Quarteto Maogani - "Maogani - Quarteto de Violões" (1997 - Rob Digital RDCD010)

1. Samambaia
(César Camargo Mariano)

2. Baiambê
(Mario Adnet - Carlos Chaves)

3. Cai Dentro
(Baden Powell - Paulo César Pinheiro)

4. Morro Dois Irmãos
(Chico Buarque)

5. Enigma
(Garoto)

6. Lôro
(Egberto Gismonti)

7. Di Menor
(Guinga)

8. Baião de Lacan
(Aldir Blanc - Guinga)

9. Zá-zá-zá (Mi Abuelito Me Enseñó)
(Carlos Haire)

10. Dança dos Quatro Ventos
(Marco Pereira)

11. Lago Puelo
(Ian Guest)

12. Corrupião
(Edu Lobo)

13. Milonga Sentimental
(Piana - Manzi)

14. Palhaço
(Geraldo Carneiro - Egberto Gismonti)

15. Ainda Me Recordo [bonus track]
(Pixinguinha - Benedito Lacerda)

16. Tempos Idos [bonus track]
(Barrozo Neto)

17. Batida Diferente [bonus track]
(Maurício Einhorn - Durval Ferreira)

18. While My Guitar Gently Weeps [bonus track]
(George Harrison)


. 1 - 14:
Carlos Chaves: violão
Marcos Alves: violão
Paulo Aragão: violão
Sérgio Valdeos: violão, violão requinto (9) e cajón (9)

participações especiais:
Guinga: voz (4)
Pedro Aragão: bandolim (5)
Celsinho Silva: reco-reco, tamborim, ganzá e pandeiro (7)
Leila Pinheiro: voz (8)
Célia Vaz: voz e arranjo vocal (11)
Jane Duboc: voz (11)
Zé Nogueira: sax soprano (14)

arranjos:
1. Sérgio Valdeos
2. Carlos Chaves e Mário Adnet
3. Paulo Aragão
4. Paulo Aragão
5. Radamés Gnattali
6. Marco Pereira
7. Marcos Alves
8. Quarteto Maogani
9. Sérgio Valdeos
10. Quarteto Maogani
11. Sérgio Valdeos
12. Marcos Alves
13. Sérgio Valdeos
14. Marcos Alves

produção executiva: Cláudia Calmanowitz e Roberto Carvalho
produção musical: Quarteto Maogani
técnicos de gravação: Cláudio Farias e Jorge "Garrafa"
assistente: Aton
técnico de edição, mixagem e masterização: Gustavo de Caux
design: Carolina Vaz e Olga Pombo
fotos da capa: Olga Pombo
fotos dos músicos: Roberto Carvalho
fotos de Célia e Jane: Paulo Aragão

gravado em agosto de 1997 na Cia. dos Técnicos, RJ (exceto as vozes da faixa "Lago Puelo",

gravadas no estúdio Grooveria, SP - técnico de gravação: Dimi)
editado, mixado e masterizado na Rob Digital, RJ


. 15 - 17:
faixas do disco "1º ComPasso - Samba & Choro" (2001 - Biscoito Fino BF502)

Paulo Aragão: violão de 8 cordas
Marcos Alves: violão
Carlos Chaves: violão
Marcus Tardelli: violão requinto

arranjos:
15. Paulo Aragão
16. Paulo Aragão
17. Ian Guest e Carlos Chaves

gravado ao vivo em outubro de 2000 no Paço Imperial, Rio de Janeiro

produção: Olivia Hime e Kati Almeida Braga
técnicos de gravação: Riccardo Vieira e Luiz Tornaghi
mixagem e masterização: Gabriel Pinheiro
assistente de produção do CD: Martinho Filho e Fabíola Furtado
produção geral e idealização do Projeto Compasso - Samba e Choro: Olivia Hime
produção executiva dos espetáculos: Branca Ramil e João Schmidt
direção artística: Olivia Hime
seleção de repertório: João Callado
projeto gráfico e ilustração: Ruth Freihof - Passaredo
design assistente: Joana Leal


. 18:
faixa do disco "Beatles 'n' Choro" (2002 - Deckdisc 11006-2)
Marcus Tardelli: violão
Carlos Chaves: violão
Marcos Alves: violão
Paulo Aragão: violão

arranjo: Marcus Tardelli e Paulo Aragão

projeto idealizado por Renato Russo
produtor: Henrique Cazes
direção artística: João Augusto
assistente de produção: Tatiana Horácio
gravado e mixado no Estúdio Tambor, RJ, por Rodrigo Vidal
assistente de gravação e mixagem: Jorge Guerreiro
masterizado por Carlos Freitas no Classic Master - SP

Italo M. De Marchi disse...

Caro blogger
Sou um dos maiores propagandistas deste excelente blog. Fiquei muti feliz ao ver que foram retomados os posts.
PORÉÉÉÉM, só tenho a lamentar a necessidade de se instalar um mprograma spyware como o Zango para poider baixar os cds.
Trata-se de programa intrusivo e capaz de roubar dados sensíuveis do usuário.
A cada vez que o instalo, eu ne "zango" e, após o download, removo-o. Trabalherira estúpida, não acha?
Pergunto: é mesmo necessário valer-se deste programeco para postar os arquivos? Ou será que o amigo não se apercebeu dos riscos e da incômodo que isto traz?

Yuri disse...

Olá mvcosta!venho aqui apresentar para voce o meu blog dedicado ao violão http://universoviolonistico.blogspot.com/
ja postei alguns discos de violonistas brasileiros como guinga e raphael rabello. dê uma passada por lá!
abraço!

mvcosta disse...

Italo,
como eu uso o rapidsafe para proteger os links do rapidshare, algumas vezes eles pedem a instalação do Zango, o que tb acho um absurdo. Mas se vc esperar algum tempo e tentar o download do disco novamente, conseguirá sem precisar instalar o spyware.

*********************

Yuri,
ótimo blog. já tá na lista.
abs

Yuri disse...

eu não consigo baixar esse disco... não tem como colocar sem o rapidsafe???

mvcosta disse...

Blz. Vou começar a colocar sem o rapidsafe e ajeitar todos os que estão assim.
abs

Clicky Web Analytics